Rechercher
  • Rita

Manhãs de Agosto... 🌊🙏💙

Queridos alunos ☀️,


Como sabem, em AGOSTO, não darei aulas. De forma consciente, reconheço que preciso fazer uma pausa, para me interiorizar, permitir a escuta do silêncio, observar as minhas necessidades e prioridades do momento, cuidar de mim e recuperar forças. É tempo de escutar o coração, de sentir a vibração do mundo, de alinhar a energia do meu corpo e da minha mente, com a voz do meu coração, da minha alma, da minha Consciência...

Muitos de vós já deram conta que a minha energia e a minha vibração, assim como a energia e a vibração do Shala, têm vindo a transformar-se ao longo dos últimos 18 meses e, como podem imaginar, essa mudança interior não se fez sem esforço, dedicação, desapego e, inevitavelmente, algum desconforto e sofrimento. Felizmente, todo este processo é facilitado pelo meu próprio voluntariado para assumir plenamente esta mudança, assim como pela e pela confiança que me animam e que me impulsionam por caminhos por vezes incompreendidos, mas que a minha alma reconhece como sendo justos, autênticos, inevitáveis e perfeitamente adaptados ao Novo Mundo que já começou a emergir dentro de mim e dentro do Shala, apesar da confusão e do caos com que temos sido confrontados ao longo do último ano e meio.


Ontem eu era inteligente, então queria mudar o mundo. Hoje eu sou sábio, então estou a mudar-me a mim mesmo.”

Rumi



👉 A simbologia da JOANINHA 🐞, a primeira que vi aqui na ilha...


Não há dúvidas que seremos ainda confrontados a muitas situações difíceis que, de uma forma ou de outra, nos empurrarão para fora da nossa zona de conforto e nos oferecerão uma imensa oportunidade de transformação, de evolução e de auto-conhecimento, principalmente para todos aqueles que procuram activamente respostas a certas questões existenciais, como : "Quem Sou Eu?", "O que faço aqui?" ou "Qual é o sentido de tudo isto?". Através da construção consciente e voluntária de uma estabilidade física, psicológica, emocional e espiritual, criamos as condições necessárias para nos mantermos alinhados com a nossa verdadeira essência, independentemente das condições externas, independentemente das dificuldades e adversidades. Ao mesmo tempo, vamos desenvolvendo clareza e discernimento, que nos aproximam de nós mesmos e do sentido da Vida!

Em Agosto, vou dedicar-me ao reforço consciente desta estabilidade física, psicológica, emocional e espiritual. Espero, dessa forma, estar melhor preparada para os próximos desafios que o Universo nos reserva...

E, para todos aqueles que sentem igualmente um apelo interior neste sentido, o Shala estará aberto de segunda a quinta-feira, a partir das 6h30, para que possam começar os vossos dias com a prática de Ashtanga Yoga.





Já sabem que iniciarei a minha prática pessoal por volta das 6h30 e, quando terminar, ficarei a assistir e apoiar os praticantes presentes, até cerca das 9h30, EXCEPTO na terça-feira, 10/08/2021, porque é o aniversário do Noé e nesse dia sairei assim que terminar a minha prática!

Para que possam ficar além desta hora (sim, eu sei que nem todos gostam de acordar tão cedo...😉), deixarei uma chave à vossa disposição. O último a sair poderá fechar a porta e devolver a chave no dia seguinte (caso tenha intenções de regressar no dia seguinte) ou deixá-la em minha casa até ao final do dia.

  • Agradeço que sejam silenciosos na entrada e saída do Shala (incluindo nas escadas), de forma a não perturbar os outros praticantes. A porta do espaço de prática estará aberta.

  • Agradeço igualmente que não se esqueçam que, para construir uma energia de grupo , é importante que não se "espalhem" por todo o lado, ao entrar na sala. Coloquem o vosso tapete junto de quem já está a praticar. Alinhem a vossa respiração e a vossa energia com a respiração e a energia de quem já está a praticar. Encontrem o equilíbrio entre o individual e o colectivo. A vossa prática e a prática de quem fica ao vosso lado só tem a ganhar com isso!

  • Podem levar uma "cábula"! Na internet encontram-se facilmente esquemas com a sequência da Primeira Série de Ashtanga Yoga (ainda assim, eu vou enviar por e-mail o PDF com a sequência que fizemos com os alunos do Shala, quando fui para a Índia em Janeiro de 2019, assim como o mantra inicial e final, para quem ainda não tenha conseguido memorizar). Eu assistirei na execução dos āsana, mas fá-lo-ei em silêncio. Não vos vou "guiar" na vossa prática. Não se esqueçam que estou de férias! 😉 Esta experiência serve igualmente para que possam observar a vossa prática pessoal e perceber a vossa capacidade para praticar tapas, o esforço sobre si mesmo, fora de um contexto de aula.

  • Se sentirem que precisam do meu apoio em algum āsanaespecífico, organizem a vossa prática para que o possam realizar entre as 8h30 e as 9h30, altura em que estarei disponível para vos assistir.

  • O último a terminar, fará o favor de passar o "franjinhas", abrir a janelinha, verificar que a luz da casa de banho dos homens não ficou acesa (acontece com frequência...) e deixar ambas as portas fechadas à chave. Escrevam o vosso nome no quadro preto (o giz está dentro do saco), para que eu saiba quem tem a chave e, se regressarem no dia seguinte, podem guardar a chave. Caso não tenham a intenção de regressar no dia seguinte, podem deixar a chave em minha casa. Caso não tenham vontade de se preocupar com a chave, a solução é simples, basta terminar a prática antes das 9h15, para terem tempo de sair do Shala antes de mim!! 😉



Às vezes na vida, sentimo-nos acorrentados.

Sem sequer sabermos que temos a chave.”

Platão



Queria aproveitar para manifestar a minha gratidão, do fundo do coração, a todos os que se disponibilizaram para contribuir com um donativo para ajudar a pagar a renda durante o mês de Agosto, apesar de eu não estar a "trabalhar", de a mensalidade estar suspensa e independentemente de virem ou não praticar durante o próximo mês!! Para além de ficar comovida e emocionada com a vossa generosidade, fico igualmente satisfeita por ver o Yoga a manifestar-se também além do tapete, através do vosso cuidado para comigo e para com o Shala, nestes tempos conturbados!

Um dia, enquanto me entregavam a mensalidade, disseram-me : "Gostaria de te devolver...". Numa curta frase, que ressoou claramente comigo e com a minha forma de partilhar o Yoga, ficou descrita de forma simples e clara a minha intenção, quando afirmei que o Yoga e o Shala não eram, nem nunca seriam para mim um "negócio"... A troca efectuada entre o professor e o aluno, dentro da tradição do Yoga, deve ser, acima de tudo, uma troca energética equilibrada, respeitadora e saudável e esta pequena frase reflecte perfeitamente esse equilíbrio energético.

Dentro ou fora do Shala, por palavras (como através destes textos, por exemplo ou quando "ouvem" a minha voz dentro da vossa cabeça, quando praticam sozinhos) ou por acções e exemplos (os meus posicionamentos muito "fora da caixa", que por vezes vos sacodem ou vos deixam desconfortáveis), eu transmito e partilho tudo o que aprendo, tudo o que pratico, tudo o que SOU. Tudo o que o Yoga me , dentro e fora do tapete, eu DEVOLVO da melhor forma que sei, partilhando a integração das minhas próprias vivências e experiências, permitindo a continuidade desta tradição e a propagação dos seus benefícios, na vida daqueles que escolhem aprender comigo e acolhem esta prática dentro do seu coração, com confiança e dedicação. Ao longo dos últimos 16 anos, o Yoga deu-me tanto, tanto, TANTO, que a única forma que encontrei de restabelecer este equilíbrio energético, foi devolver TUDO, dedicando-lhe toda a minha vida, enquanto praticante, enquanto aluna, enquanto professora...

Muito grata a todos vós, por DEVOLVEREM de forma tão carinhosa o que recebem dentro do Shala e que espero sinceramente que possa irradiar na vossa vida quotidiana, muito além do tapete. Obrigada por manterem o equilíbrio energético e por fazerem do Shala também a vossa CASA. Como vos disse tantas vezes, o Shala existe apenas graças a vocês e para vocês!! É sempre preciso que haja alguém que esteja disposto a RECEBER, senão de nada me serve querer DAR...

A todos vós, desejo


BOAS FÉRIAS e BOAS PRÁTICAS!!

🙏💙


A vontade de retribuir vem naturalmente

e um pequeno gesto acaba por se multiplicar.

Quando se planta cuidado, colhe-se gratidão.”

Charles Chaplin



ॐ असतो मा सद्गमय । तमसो मा ज्योतिर्गमय ।

मृत्योर्मा अमृतं गमय । ॐ शान्तिः शान्तिः शान्तिः ॥

oṁ asato mā sad gamayatamaso mā jyotir gamaya

mṛtyor mā amṛtaṁ gamayaoṁ śāntiḥ śāntiḥ śāntiḥ

Oṁ

Possamos nós ser conduzidos da ilusão para a verdade.

Possamos nós ser conduzidos da escuridão para a luz.

Possamos nós ser conduzidos da morte para a imortalidade.

Que haja Paz, Paz, Paz.


ॐ लोकाः समस्ताः सुखिनो भवन्तु

ॐ शान्तिः शान्तिः शान्तिः॥

Oṁ lokā samastā sukhino bhavantu

Oṁ śāntiḥ śāntiḥ śāntiḥ

Hariḥ Oṁ

Oṁ

Que todos os seres, em todos os lugares, sejam felizes.

Que haja Paz, Paz, Paz.